Já dizia Fernando Pessoa: “Para viajar basta existir”. E nós existimos e insistimos, em qualquer idade, com a incontrolável vontade de viajar. Jovem, idoso, criança, adulto, quem não gosta de desconectar do dia-a-dia, descobrir novos lugares e culturas e viver algumas aventuras? O grande desafio muitas vezes está em encontrar uma viagem que agrade a todas as idades.

 

viagem multigeracional | multigenerational travel

Arte: Galvão Bertazzi para Folha de SP

Por décadas as viagens em família vêm tentando resolver essa necessidade, mas sempre com viagens empacotadas de um jeito trivial, investidas na Disney, cruzeiros ou grandes resorts, que pouco pensam em quem busca algo diferente para as férias. As viagens em família também acabaram ficando ofuscadas por mochilões e viagens solo, que ganharam força na era da internet.

 

Mas as viagens que reúnem várias gerações são uma das tendências do turismo para 2018. Turistas estão descobrindo novamente o gosto de viajar em família e trocar experiências com pessoas de todas as idades e as viagens estão mais criativas, diferentes e atrativas para todos. É tempo de fazer uma viagem multigeracional!

 

Mas o que é uma viagem multigeracional?

 

Viagens que reúnem pessoas de no mínimo duas gerações diferentes são consideradas multigeracionais. Elas não são necessariamente viagens em família. É bem possível que em um grupo nas suas próximas férias você encontre viajantes de várias idades. A viagem multigeracional às vezes requer planejamento adequado e trocas democráticas para atender ao gosto e expectativas de todos. Mas os resultados podem ser muito positivos.

 

A chegada das viagens de experiência e de aventura trouxe também novas perspectivas para a viagem multigeracional. Ao invés de separar crianças e idosos em atividades distintas dentro de um resort, por exemplo, muitas viagens de experiência são capazes de reunir as diferentes gerações em uma mesma atividade. É o caso por exemplo das oficinas de cerâmica do roteiro “Do Barro à Arte”, da Vivejar, que encantam crianças e adultos de todas as idades.

 

viagem multigeracional | multigenerational travel

Foto: Divulgação

 

Em uma viagem como essa você tem a oportunidade de trocar impressões e vivências com pessoas com diferentes olhares. As reações e interesses despertados também são diversos, mas podem fazer você pensar as coisas de outra forma. É também a chance de aproximar laços e estar mais perto de pais, avós e filhos e aprender com eles.

 

A viajante Marcia Serra, 70 anos, que já esteve com a Vivejar duas vezes no Vale do Jequitinhonha, reforça o coro dos que viveram experiências muito positivas em viagens multigeracionais:

 

“Conviver com pessoas de todas as idades é sempre muito bom – em viagem, então, é um bônus especial, uma harmonia única a cada vez. Há um interesse comum e uma soma de visões e vivências diferentes, uma troca harmônica entre pessoas diversas que só nos enriquece. Nas duas viagens que fiz com a Vivejar e em outras por minha conta, ganhei muitíssimo e me senti grata e feliz, tanto pelos lugares e suas pessoas (também diversas e inspiradoras), quanto pelo prazer e privilégio de conviver com companheiros de viagem de todas as idades, cada um com sua história e seu olhar. É bom demais!”