Vivência Xavante

No coração do Mato Grosso, próximo a Serra do Roncador e do Rio das Mortes, a Aldeia de Etenhiritipá nos convida à uma vivência Xavante.

“Ninguém respeita aquilo que não conhece. Precisamos mostrar a força, a beleza de nossa cultura. Só assim vão respeitar e admirar o que temos.” Esta frase de Wabuá Xavante, ancião que nasceu antes do contato com os warazu (o não índio – o estrangeiro) morador de Etenhiritipá, dá rumo a este projeto.

O Projeto Wazu´ri´wá de visitação à aldeia Etenhiritipá é uma estratégia do povo Xavante para manter sua tradição e território para as futuras gerações. Eles, que lideraram o contato com os invasores na década de 1940 como forma de sobrevivência física e cultural, hoje buscam novas alternativas para manutenção, valorização e divulgação de seu pensamento e modo de vida.

Wazu ‘ ri ‘ wá é o desbravador, o guerreiro que vai a frente para reconhecer o terreno, definir os caminhos, conhecer os locais, aprender com a viagem, com a natureza e com as novas culturas que encontrar pela frente, para se fortalecer levar o aprendizado para casa e preparar o caminho para o restante da aldeia.

A decisão de criar um programa de visitação é fruto de muita reflexão e cuidados da comunidade Xavante. Passou por planejamento e estudos em parceria com a Faculdade de Turismo e Hotelaria do Senac e hoje toma forma nessa iniciativa que tem o apoio da Vivejar .

foto de abertura: © Acervo Ambiental Turismo

Galeria de imagens


clique nas imagens para ampliar

Dia a dia


Dia 1 | Chegada em Goiânia

Encontro do grupo, às 19h00 no terminal rodoviário de Goiânia, em frente ao guichê da Viação Xavante. Embarque previsto para cerca de 21h00, em ônibus regular de linha da Viação Xavante com destino a Canarana, MT.

  • Refeições: Não inclusas
  • Fundamental utilizar voos que cheguem em Goiânia até às 16:00 horas.

Dia 2 | Canarana – Aldeia de Etenhiritipá

Chegada a Canarana no inicio da manhã e encontro com o representante da Ambiental. Tempo para café da manhã (não incluso) na rodoviária ou nas proximidades. Traslado em Ônibus simples do tipo que faz transporte escolar rural até a Aldeia de Etenhiritipá. No caminho faremos parada no vilarejo de Matinha, com tempo para almoço (não incluso).  Chegada, apresentação do grupo e início das atividades na Aldeia. Jantar na Aldeia. Pernoite na Aldeia: hospedagem em acampamento, em barracas.

Refeições: Jantar;

Dias 3 ao 5 | Vivência na Aldeia

Durante os próximos dias ficaremos hospedados em abrigo aberto, dormindo em redes. Os banhos serão realizados no rio. Os sanitários são do tipo “fossa seca”, também instalados em local próximo ao abrigo. Teremos área reservada para funcionar como vestiário. As refeições (café da manhã, almoço e jantar) serão caseiras e também feitas na aldeia. As atividades serão de vivência da rotina da Aldeia, onde o nosso grupo será inserido nas atividades e afazeres deles. A programação é feita dia a dia, podendo mudar sem nenhuma previsão, mesmo que já tenha sido planejada. Entre elas podem ocorrer: rituais específicos da aldeia conduzidos pelos homens e mulheres, atividades de culinária de rotina realizadas pelas mulheres, competições entre aldeias ou na própria aldeia (como a corrida de troncos), coleta de material para utilização em artesanato de fibras e sementes, caminhadas no Cerrado com guias indígenas, subida a Serra do Roncador, entre outras.

  • Refeições: Café da Manhã, Almoço e Jantar;

Dia 6 | Despedida da Aldeia Etenhiritipá | Transfer para Caranara

Despertar e café da manhã. Despedida da comunidade. Traslado em ônibus simples de transporte escolar rural para a Rodoviária de Canarana. Parada com tempo para almoço (não incluso) em Canarana. Embarque para Goiânia, ao final da tarde, em ônibus regular de linha. Viagem durante a noite.

  • Refeições: Café da Manhã;

Dia 7 | Chegada em Goiânia | Retorno para cidades de origem

Chegada a Goiânia, no início da manhã, no terminal rodoviário.

  • Refeições: Café da Manhã;
  • Reservar voos que decolem a partir das 12:00 horas;

O Roteiro Inclui:

  • Passagens de ônibus Goiânia – Canarana – Goiânia em ônibus de linha regular, executivo – poltronas reclináveis e ar condicionado.
  • Traslado de entrada e saída na aldeia em veículo regional simples.
  • Todas as atividades citadas no programa.
  • Transporte para as atividades citadas no programa.
  • Hospedagem coletiva em acampamento ou redário (barracas inclusas, compartilhadas para até duas pessoas).
  • Refeições conforme citado no programa.
  • Seguro viagem.
  • Um representante da Ambiental, especialista em roteiros socioambientais, com o grupo a partir de Canarana.
  • Equipamento de acampamento, conforme descrito abaixo:

INCLUI – PERNOITE EM BARRACA (ACAMPAMENTO):
•             Barraca – sistema de empréstimo.
•             Isolante térmico  – sistema de empréstimo.
•             Luminária elétrica pequena com pilhas para a barraca – sistema de empréstimo.

O roteiro inclui


Especialista
Guia Local
Oficinas/ Workshops
Passeios / Atividades
Refeições na comunidade
Seguro de Viagem
Transfers
Trilha

Mais informações


Dicas

  • IMPORTANTÍSSIMO:
    O consumo ou porte de álcool ou de substâncias entorpecentes lícitas ou ilícitas dentro da terra indígena é terminantemente proibido e sujeito a sanções impostas pelo conselho da Aldeia, o que pode implicar na interrupção imediata da viagem. Neste caso não há devolução de valores já pagos e os eventuais custos extras decorrentes da interrupção correm por conta do participante.
  • Qualquer produção de cunho jornalístico decorrente desta visita à Terra Indígena e sua divulgação depende de autorização específica obrigatória da Comunidade Indígena visitada e da FUNAI.
  • A disponibilidade de passagens rodoviárias entre Goiânia e Canarana é limitada e pode ser impeditivo para a confirmação de sua vaga na viagem. Quanto mais próximo do embarque, menor é a chance de confirmar. Não deixe para se decidir na última hora!
  • É proibido caminhar desacompanhado durante a visitação à Terra Indígena. Conforme estabelece a Instrução Normativa da FUNAI Número 003 de 2015.
  • O princípio desta viagem é vivenciar e experimentar a cultura e rotina da Aldeia, onde somos convidados da comunidade. A nossa visita deve causar o mínimo possível de impacto sobre a cultura do povo indígena, devemos sempre nos lembrar de que os visitantes somos nós, que o ritmo de vida por lá é completamente diferente do que estamos habituados e isto deve ser respeitado.
  • Dentro deste princípio é importantíssimo saber que a programação, por mais que tenha sido feita com antecedência pode ser (e provavelmente será) alterada localmente, de acordo com decisões do conselho da Aldeia, sem que possamos interferir nisto.
  • Durante toda a viagem a acomodação será feita em acampamento, onde dormiremos no chão, sobre isolantes térmicos. As instalações são extremamente rústicas, banhos são feitos no rio. Os sanitários são do tipo fossa seca.
  • Durante os dias de estadia na aldeia todas as atividades serão realizadas de forma coletiva, incluindo a manutenção da estrutura de apoio a nossa estadia, o que inclui, entre outros: ajudar na cozinha, lavagem de louças e panelas e manutenção das instalações.
  • Antes do embarque, você receberá uma lista com dicas sobre o que levar na bagagem, tente segui-la.

Vale lembrar

  • A programação é combinada antecipadamente com as lideranças da Aldeia de Etenhiritipá, que vai nos acolher. Contudo, a administração do tempo e dos eventos relacionados a ele é de domínio dos Xavante, que podem sem nenhum aviso alterar completamente o que havia sido acordado. O que podemos ter certeza é que, independente da programação, teremos a oportunidade especial de participar da rotina e vivenciar a tradição e cultura da Aldeia visitada.
  • A programação final pode, eventualmente, sofrer alterações e correções de última hora quando, por questões de segurança, a equipe de guias julgar necessário ou devido a fatores imprevisíveis que fogem ao nosso controle, como questões climáticas, greves e similares. Estas alterações serão sempre comunicadas, o mais rápido possível, aos participantes do projeto.
  • Os participantes podem ser divididos em grupos menores para melhor aproveitamento das atividades.
  • Para a emissão do aéreo é necessário observar o seguinte:
    Dia 04 de julho de 2019: o voo deve chegar a Goiânia até as 16h00.
    Dia 10 de julho de 2019: o voo deve decolar de Goiânia a partir das 12h00.
  • O traslado entre Goiânia e Canarana é feito em ônibus regular de linha. No caso de não utilização do traslado rodoviário não há reembolso. O mesmo é válido para o traslado entre Canarana e a Aldeia de Etenhiritipá. Caso o traslado entre Canarana e Etenhiritipá seja perdido, o participante deve arcar com os custos do traslado adicional.

O roteiro não inclui

  • Passagens aéreas e taxas de embarque. Havendo interesse em emitir as passagens aéreas conosco, solicite cotação ao nosso atendimento.
  • Refeições e bebidas extras.
  • Toda e qualquer despesa não citada em inclui.
  • Não inclui travesseiro, roupa de cama ou saco de dormir.

Datas e valores


data

04 a 10 de Julho de 2019

valor por pessoa

R$ 4.100,00 por pessoa

disponibilidade

Consulte

Solicite um atendimento


*informações obrigatórias







[recaptcha]

foto: © André Dib

Gostou deste roteiro?

Fale com nossa equipe e veja como vivenciar esta experiência

+55 11 3031 3034

mande uma mensagem