Empreendedorismo Social – Segredos e Temperos da Amazônia

Em Cotijuba, uma ilha na região de Belém do Pará, uma nova economia se desenvolveu pelas mãos empreendedoras das mulheres da comunidade. Através da economia da floresta, elas uniram seus saberes ancestrais para gerar renda e preservar sua cultura.

Começando pela visita ao mercado Ver-o-peso, na capital paraense, vamos saborear as delícias da culinária da Amazônia. Nosso grupo, sempre acompanhado por uma facilitadora especialista, embarca para navegar pelos rios e chegar nas comunidades.

Nessa jornada de aprendizado iremos conhecer a fundo todos os segredos e temperos dessa região. Belém e a Ilha de Cotijuba te esperam para uma imersão no universo multissensorial da Amazônia.

Entre em contato conosco para saber mais. Essa é uma viagem que pode ser feita em qualquer época do ano, para grupos a partir de quatro pessoas.

Clique aqui para nos mandar um WhatsApp!

 

Destaques

  • Floresta Amazônica
  • Comunidades Tradicionais
  • Empoderamento feminino
  • Oficias de Artesanato
  • Oficinas de Culinária Amazônica
  • Empreendedorismo social
  • Economia da floresta

foto de abertura: ©

Galeria de imagens


clique nas imagens para ampliar

Dia a dia


Dia 1 | Chegada em Belém

Mercado Ver-o-Peso. Belém, Pará

Ver-o-Peso. Foto – Cristino Martins – Ag. Pará

Independentemente de seu horário de chegada a Belém, disponibilizamos traslados privativos para o nosso charmoso hotel. Teremos o primeiro dia livre para curtir a Cidade das Mangueiras com todas as dicas dos melhores locais para visitar por parte de nossa equipe de anfitriões. A noite, faremos um bate-papo no hotel para nos prepararmos para nossas experiências amazônicas.

  • Refeições: Não inclusas
  • Hospedagem: Hotel Quinta das Pedras ou similar

Dia 2 | Belém

Estação das Docas - Belém, Pará

Estação das Docas – Foto Cláudio Santos – Ag. Pará

Visitando: Mercado Ver-o-peso, Centro Histórico e Estação das Docas

Após o café da manhã no hotel iremos visitar um dos mais famosos pontos turísticos de Belém, o popular mercado Ver-o-peso, local onde está presente às maiores variedades de produtos regionais e especialidades únicas da culinária paraense! Na parte da tarde realizaremos um passeio histórico pela cidade de Belém, conhecendo um pouco mais sobre a arquitetura e cultura regional dessa cidade de importante papel na ocupação do território amazônico. Para coroar essa tarde vamos aproveitar o pôr-do-sol na Estação das Docas, às margens da baía do rio Guajará.

  • Refeições: Café da Manhã
  • Hospedagem: Hotel Quinta das Pedras ou similar

Dia 3 | Saída de Belém e chegada na Ilha de Cotijuba

Ilha de Cotijuba - Belém, Pará

Ilha de Cotijuba – Fernando Nobre – ASCOM Seduc

Visitando: Comunidade da Ilha de Cotijuba e Praia do Vai Quem Quer

Após o café da manhã nos deslocaremos ao Porto de Icoaraci, de onde vamos embarcar para navegar até a Ilha de Cotijuba. Lá, seremos acolhidos por pessoas da comunidade e iremos fazer diversas atividades, incluindo um delicioso almoço na sede do projeto MMIB (Movimento de Mulheres das Ilhas de Belém). A tarde iniciaremos o mergulho na vida comunitária, conhecendo as pousadas locais e a famosa praia do Vai Quem Quer, uma praia banhada por um rio com “cara” de mar. Ao final do dia desfrutaremos de um aconchegante jantar caseiro preparado por nossas anfitriãs.

  • Refeições: Café da Manhã, Almoço e Jantar
  • Hospedagem: Nas pousadas comunitárias das anfitriãs

Dia 4 | Ilha de Cotijuba

Foto – Ana Gabriela Fontoura

Oficina de Culinária Amazônica, Oficina de Biojóias e Imersão na Comunidade

Após um fantástico café da manhã regional nas pousadas, faremos um mergulho na cultura amazônica, junto das mulheres do MMIB e de nossa mediadora culinária. Faremos junto com nossas anfitriãs um delicioso almoço, e na parte da tarde continuaremos com a mão na massa. Vamos conhecer as sementes e insumos da Amazônia brasileira, que podem se tornar belíssimas biojoias. Depois de tanto aprendizado, teremos um tempo para interagir mais com o local e a acolhedora comunidade da Ilha.

  • Refeições: Café da Manhã, Almoço e Jantar
  • Hospedagem: Nas pousadas comunitárias das anfitriãs

Dia 5 | Ilha de Cotijuba

Ilha de Cotijuba - Belem, Pará, Brasil

Foto – Ana Gabriela Fontoura

Trilha Interpretativa na Floresta Amazônica & Luau na Praia

Faremos uma trilha na floresta amazônica com direito a um refrescante banho de rio. Após o almoço e um merecido descanso, mais um momento mão na massa, pois todos iremos preparar desde a decoração até a preparação da comida para o nosso luau na praia, embebido de ritmos e sensações paraenses.

  • Refeições: Café da Manhã, Almoço e Jantar
  • Hospedagem: Nas pousadas comunitárias das anfitriãs

Dia 6 | Saída da Ilha de Cotijuba e chegada em Belém - Transfer para Aeroporto

Ilha de Cotijuba - Belem, Pará, Brasil

Foto – Ana Gabriela Fontoura

Projeto com os idosos da Ilha, Projeto de Mudas da Floresta Amazônica, Oficina de Cerâmica e Jantar de despedida

Na última manhã na ilha, antes de seguirmos viagem, iremos conhecer as ações da comunidade para manter a floresta amazônica em pé. Após um almoço especial de despedida e este banho de cultura, vamos navegar de volta para Icoaraci, e então vamos leva-lo ao aeroporto com todas as inesquecíveis experiências vividas no território amazônico.

  • Refeições: Café da Manhã e Almoço

Valores e Condições

Investimento:
Consulte os valores com a Equipe Vivejar, contato@vivejar.com.br ou (11) 3031-3034.
Condições de Pagamento: Transferência Bancária, Cartão de Crédito em até 4 vezes.

 

O roteiro inclui


Acomodação Familiar
Anfitriã Vivejar
Guia Local
Hotel
Luau
Oficinas/ Workshops
Passeios / Atividades
Refeições na comunidade
Seguro de Viagem
Transfers
Transporte Fluvial
Trilha

Mais informações


Dicas

  • Em Belém, não deixe de provar: tacacá, açaí, farinhas (farinha d’água e de tapioca), peixes (filhote e pescada amarela), maniçoba, sucos e sorvetes de frutas regionais (cupuaçú, bacuri, muruci, taperebá, etc.), Castanha do Pará e tapioquinhas (ou beiju).
  • A imersão na Amazônia é essencial para conhecermos um modo de vida muito peculiar, portanto, aguce sua curiosidade e pergunte sobre questões do dia a dia para os moradores locais e compare com sua rotina;
  • O açaí consumido em Belém é bastante diferente do que é vendido no resto do Brasil: o vinho da fruta é apreciado pelos paraenses com farinha e peixe frito, camarão ou carne seca. Experimente!

Vale lembrar

  • Belém é conhecida por ser uma cidade quente e úmida, portanto roupas leves e que sequem rapidamente facilitarão que sua bagagem fique mais leve e que você não sofra com o calor local;
  • Não deixe de levar:
    • Roupas leves para caminhar;
    • Roupa de banho;
    • Calçados confortáveis;
    • Kit de medicamentos próprios;
    • Óculos de sol;
    • Protetor solar;
    • Repelente;
    • Sombrinha ou capa de chuva;
    • Caderno de anotações;
    • Máquina fotográfica;

O roteiro não inclui

  • Aéreo;
  • Refeições em Belém nos dias não mencionados (1 jantar e 2 almoços)
  • Bebidas alcoólicas, telefonemas, lavanderia e outras despesas pessoais;
  • Atividades opcionais não descritas neste roteiro.

Solicite um atendimento


*informações obrigatórias







foto: © André Dib

Gostou deste roteiro?

Fale com nossa equipe e veja como vivenciar esta experiência

+55 11 3031 3034

mande uma mensagem